Última hora

Em leitura:

"Breves de Bruxelas": avisos a Kiev, Merkel e a reforma da zona euro


A redação de Bruxelas

"Breves de Bruxelas": avisos a Kiev, Merkel e a reforma da zona euro

A corrupção está a prejudicar os esforços para reconstruir a Ucrânia e ajustá-la às normas da União Europeia.

O aviso dos líderes europeus Donald Tusk e Jean-Claude Juncker foi transmitido ao Presidente Petro Poroshenko, na cimeira, quinta-feira, em Kiev (capital da Ucrânia).

Neste programa que passa em revista a atualidade europeia diária destacamos, também, a declaração de Angela Merkel de que não está contra a ideia de um orçamento para a zona euro, que seria gerido por um ministro das Finanças europeu.

As declarações da chanceler alemã foram feitas ao lado do Presidente francês, Emmanuel Macron, quinta-feira, em Paris, após um conselho ministerial bilateral.

O encontro destinou-se, também, a reavivar o chamado eixo franco-alemão, considerado a força motriz para as reformas na União Europeia.

As prioridades para a implementação da estratégia global da União Europeia e os desenvolvimentos recentes na Líbia e na Coreia do Norte serão discutidos, na próxima semana, no Conselho dos Negócios Estrangeiros da União.