Altice e Prisa acordam venda da Media Capital

Access to the comments Comentários
De  Nara Madeira
Altice e Prisa acordam venda da Media Capital

<p>A Altice, multinacional holandesa e segunda maior empresa de telecomunicações em França, chegou a acordo com a espanhola Prisa, para a compra da Media Capital, o grupo da <span class="caps">TVI</span>, por 440 milhões de euros. <br /> O grupo promete novas apostas, principalmente na área digital, mas também no que diz respeito à produtora de televisão Plural: </p> <p>“Estamos a dar um novo passo, que fez sempre parte da nossa estratégia, e que é o de juntar ativos de telecomunicações e meios de comunicação. Acreditamos nesta estratégia de convergência, uma estratégia que iniciámos já noutros países. Fizemo-lo em França, em Israel e agora estamos prestes a iniciá-la em Portugal também”, afirmou Michel Combes, presidente da Altice. </p> <p>O negócio foi já comunicado às Comissões de Mercados de Valores de Espanha e Portugal, <span class="caps">CMVM</span>, em português. Aguarda-se a autorização dos reguladores para finalizar a polémica transação. O grupo comprou a maioria do capital da Portugal Telecom, durante o governo de Pedro Passos Coelho. No último debate sobre o Estado da Nação a venda da PT voltou a ser falada com o atual primeiro-ministro a tecer duras críticas. António Costa afirmou que se tratou de uma privatização irresponsável. O chefe do executivo falou ainda da questão da falha de comunicações durante o incêndio em Pedrógão Grande. A operadora <span class="caps">MEO</span>, da PT, terá sido a única a falhar. A Anacom, autoridade que gere o setor das telecomunicações, está a analisar as falhas na rede durante os últimos incêndios.</p>