Última hora

Em leitura:

Google lança uma guerra entre mosquitos para acabar com o Zika


EUA

Google lança uma guerra entre mosquitos para acabar com o Zika

A Verily, divisão de ciências biológicas da Google, lançou uma experiência através da qual vai criar e libertar na natureza um milhão de mosquitos por semana da espécie Aedes aegypti. O projeto durará 20 semanas e no total libertar-se-ão 20 milhões de mosquitos modificados. O objetivo é acabar com o vírus Zika e outras doenças. O lugar escolhido para a experiência é Fresno, na Califórnia.

Um robô está encarregue de selecionar os mosquitos, apenas machos. Irá infetá-los com uma bactéria chamada Wolbachia, inofensiva para o ser humano e outros animais. Estes não picam e não podem reproduzir-se: os ovos que as fêmeas colocarem depois de se cruzarem com os machos modificados não poderão crescer devido à referida bactéria. O que se pretende é reduzir a população de Aedes aegypti, que transmite doenças como o Zika, a febre amarela, a dengue ou a febre Chikungunya.



Os mosquitos provocam a morte de cerca de 800 mil pessoas por ano.

Maduro critica apelo internacional para suspender convocatória de Constituinte

Venezuela

Maduro critica apelo internacional para suspender convocatória de Constituinte