Última hora

Em leitura:

Presidente da Federação Espanhola de Futebol detido por corrupção


Espanha

Presidente da Federação Espanhola de Futebol detido por corrupção

A polícia espanhola deteve esta manhã o presidente da federação de futebol do país e vice-presidente da FIFA numa vasta operação anticorrupção.

Ángel Maria Villar e o filho, Gorka Villar, assim como responsável das finanças da Federação estão entre as cerca de uma dezena de pessoas colocadas em prisão preventiva.

Os responsáveis são suspeitos de vários crimes, entre administração desleal, corrupção entre particulares, falsificação de documentos e desvio de fundos. O patrão do futebol espanhol há mais de 29 anos estava sob investigação por vários casos desde 2009.

Segundo o jornal El Pais, o filho de Villar, estaria também a ser investigado por alegadas comissões ilegais durante a candidatura conjunta de Portugal e Espanha ao Mundial de 2018.

A FIFA distanciou-se das acusações que pesam sobre o também vice-presidente da organização, afirmando tratarem-se para já de questões ligadas apenas ao futebol espanhol.