Última hora

Separatistas pró-russos querem criar um Estado que substitua a Ucrânia

Os separatistas pró-russos do Leste da Ucrânia anunciaram esta terça-feira a intenção de criar um novo Estado destinado a substituir a Ucrânia, nos territórios que ocupam

Em leitura:

Separatistas pró-russos querem criar um Estado que substitua a Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Três anos depois do início do conflito no Leste da Ucrânia, os separatistas pró-russos anunciaram esta terça-feira a intenção de criar um novo Estado destinado a substituir a Ucrânia, com a capital nos territórios que ocupam. O projeto seria submetido a referendo, disse o líder da república rebelde autoproclamada de Donetesk, Alexander Zakharchenko:

“Sabemos bem que a maioria dos cidadãos da Ucrânia sofre ao ver o governo de Kiev destruir o país. Temos de os ajudar, mas não por meio da guerra, a menos que as autoridades de Kiev nos obriguem a isso. Com a vossa ajuda, vamos construir um novo país.”

Os líderes das repúblicas rebeldes autoproclamadas de Lugansk (LNR) e Donetesk (DNR) não passam de marionetas de Moscovo, comentou o presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko, durante uma visita oficial à Geórgia:

“É preciso compreender que Zakharchenko e Plotnitsky, não são figuras políticas, são marionetas. Limitam-se a declamar as instruções que recebem da Rússia”.

Mais de 10 mil pessoas, entre civis, militares e grupos armados, morreram desde o início do conflito entre o exército ucraniano e os separatistas pró-russos, em 2014, seguido da anexação da península ucraniana da Crimeia pela Rússia.