Última hora

Em leitura:

Putin: Rússia vai reforçar indústria aérea militar


Rússia

Putin: Rússia vai reforçar indústria aérea militar

Existe interesse estrangeiro em cooperar com a Rússia, disse esta quarta-feira o presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, durante uma visita ao Salão Aeroespacial Internacional MAKS que decorre em Zhukovsky, na região de Moscovo.

Esta iniciativa deverá reforçar a cooperação na área da indústria aeronáutica e promover os produtos russos no mercado interno como no estrangeiro, disse Putin, avançando que foram já assinados alguns contatos importantes.

“O setor da indústria aeroespacial tem recebido apoio significativo do Estado. As nossas posições nas áreas da construção aeronáutica militar e aeroespacial permanecem fortes. Vamos reforçar o potencial destas indústrias”, disse o chefe de Estado russo.

As sanções interncionais impostas à Rússia acabaram por beneficiar o país, disse o diretor do Serviço Federal de Cooperação Técnico-Militar da Rússia, Dmitry Shugaev:

“Finalmente, a indústria benficiou com as sanções, pois começámos a produzir tudo pelos nossos próprios meios.”

A Rússia é o segundo maior exportador mundial de armas, com 25% do mercado global. Com o fim da época soviética, o país apostou no reforço do seu potencial militar e aumentou o investimento na defesa militar.