Última hora

Netanyahu agradece apoio da Hungria

A visita de dois dias do israelita, para participar no na reunião do grupo Visegrado, obrigou ao reforço da segurança na cidade.

Em leitura:

Netanyahu agradece apoio da Hungria

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, agradeceu o apoio da Hungria e do homólogo Viktor Órban, a Israel.

Os dois governantes visitaram a Grande Sinagoga de Budapeste e prestaram homenagem às vítimas do Holocausto.

A visita de dois dias do israelita, para participar no na reunião do grupo Visegrado, obrigou ao reforço da segurança na cidade.

De acordo com a correspondente da euronews, Andrea Hajagos, foram muitas as ruas interditadas…

Para Viktor Órban, os dois países permanecem unidos contra uma ameaça comum, o terrorismo perpetrado por radicais islâmicos: “vivemos num tempo em que a segurança de Israel e da Europa, e a Hungria incluída, é um assunto comum”, refere.

Com cerca de 100 mil pessoas, a comunidade judaica da Hungria é uma das maiores da União Europeia.

“A memória de tempos antigos e a esperança de tempos melhores. É uma combinação especial que agora nos une e a tantos outros países”, afirmou Netanyahu.

Os dois governantes assinaram, ainda, dois acordos bilaterais, um cultural e outro sobre inovação e tecnologia, com o objetivo de estimular a cooperação entre a Hungria e Israel.