Última hora

Em leitura:

Fuga de dados faz estremecer governo sueco


Suécia

Fuga de dados faz estremecer governo sueco

O primeiro-ministro sueco precipita uma remodelação governamental para evitar uma crise política. Stefan Lofven anunciou esta manhã a substituição dos ministros do Interior e das infraestruturas, ameaçados por uma moção de censura da oposição conservadora. O chefe de governo social-democrata rejeitou no entanto ceder no que toca à saída do ministro da Defesa.

Os três ministros são acusados de negligência face a uma fuga de dados confidenciais de uma agência governamental há dois anos.

Em causa está a revelação da imprensa sueca de que empregados exteriores à Agência Sueca de Transportes teriam tido acesso a uma base de dados com informações sobre veículos da polícia e exército, assim como sobre as rotas de veículos blindados de transporte de dinheiro.

Os funcionários, de nacionalidade checa, trabalhavam para a empresa IBM encarregue de gerir o sistema informático.

O gesto do primeiro-ministro não convenceu dois dos partidos da oposição que decidiram manter a moção de censura contra o ministro da Defesa que poderia precipitar, desta vez, a demissão do governo a um ano das próximas eleições.

A gravidade da situação contrasta com as garantias das autoridades suecas de que as informações confidenciais não teriam sido passadas a terceiros, nem utilizadas de forma inadequada.

Brasil com perfil sangrento na morte de "defensores da terra"

mundo

Brasil com perfil sangrento na morte de "defensores da terra"