Última hora

Milhões de venezuelanos participaram na greve geral convocada pela oposição para protestar contra o presidente Nicolás Maduro e pedir ao Governo que organize eleições anticipadas e desista da ideia de formar uma assembleia constituinte.

Os confrontos entre polícia e manifestantes deixaram pelo menos três mortos. Duas pessoas terão morrido na cidade de Valência e uma terceira na região metropolitana da capital, Caracas. Mais de 300 pessoas terão sido detidas.

O presidente Maduro rejeitou a greve e disse que era um movimento sem legitimidade. Ameaçou ainda com deter os responsáveis pela mesma.

A oposição diz, no entanto, que cerca de 85% dos trabalhadores do país aderiram à greve.

Mais vídeos No Comment