Última hora

Em leitura:

Dia de oração sob alta segurança em Jerusalém


Israel

Dia de oração sob alta segurança em Jerusalém

Israel reinstaurou as restrições no acesso à Cidade Velha de Jerusalém e à esplanada das mesquitas durante a tradicional oração de sexta-feira.

A polícia limitou a entrada no recinto a mulheres, assim como a homens com mais de 50 anos temendo novos confrontos como os que abalaram na quinta-feira a reabertura do local sagrado após duas semanas de alta tensão em torno das medidas de segurança israelitas.

Foi num clima mais calmo que no dia anterior que milhares de pessoas participaram no ritual, a maioria no exterior da cidade velha, nas ruas dos bairros árabes de Jerusalém-Leste.

A polícia israelita tinha voltado a entrar na esplanada das mesquitas durante a noite para dispersar as dezenas de fiéis que pretendiam pernoitar no local.

Em Jerusalém, o dia foi marcado por pequenas escaramuças, entre polícia e jovens palestinianos, que provocaram quatro feridos.

Os confrontos mais graves registaram-se na Cisjordânia onde 13 palestinianos ficaram feridos em Belém, um dos quais atingido por balas reais disparadas pelos militares israelitas que recorreram a balas de borracha e gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes.

Crianças iemenitas malnutridas e face a uma epidemia de cólera mortífera

Iémen

Crianças iemenitas malnutridas e face a uma epidemia de cólera mortífera