Última hora

Milhares de venezuelanos procuram segurança fora do país

Mais de 3 mil portugueses saíram da Venezuela durante a atual crise

Em leitura:

Milhares de venezuelanos procuram segurança fora do país

Tamanho do texto Aa Aa

Uma viagem que poucos queriam ter de fazer nesta altura. Milhares de venezuelanos com raízes noutros países do mundo estão a regressar às origens.
Nos serviços consulares há registo de perto de 180 mil portugueses a viver na Venezuela: 80% a 90% serão oriundos da Madeira, havendo um outro grande grupo da zona de Aveiro, outro de Coimbra e Porto. Uma grande maioria mostrou vontade de ficar no país, mas cerca de 3 mil já regressaram.

Viagem semelhante fez a família Vandenbroucke. Paul, de origem belga, viveu sempre na Venezuela…mas com o agravar da situação política e social, não quis arriscar. O agora exilado e a família rumaram à Bélgica.
Paul explica que “decidimos sair para salvar a vida dos nossos filhos, porque a violência neste momento já custou a vida a milhares de pessoas”.

No discurso da maioria dos que agora saem da Venezuela, a palavra “regressar” continua muito presente. Mas poucos acreditam que isso aconteça num futuro muito próximo.