Última hora

Em leitura:

Dramaturgo, argumentista e ator norte-americano Sam Shepard morre em Nova Iorque. Vencedor do Pulitzer tinha 73 anos


EUA

Dramaturgo, argumentista e ator norte-americano Sam Shepard morre em Nova Iorque. Vencedor do Pulitzer tinha 73 anos

​Morreu Sam Shepard, aos 73 anos, um dos mais influentes e vanguardistas dramaturgos e atores norte-americanos.

O lado negro da vida familiar na América subiu ao palco em peças como “Buried Child”, que lhe trouxe o Prémio Pulitzer em 1979, e “Curse of the Starving Class” ou “A Lie of the Mind”.

Lutas identitárias, o encarar ou não do falhanço e a inconstância quotidiana do sonho americano provaram a originalidade de Shepard enquanto autor e a unanimidade da crítica quanto ao seu talento.

Enquanto ator, a carreira não é menos fulgurante, nomeado para um Prémio da Academia pelo papel secundário em “The Right Stuff”. Em palcos de Nova Iorque, a crítica elevou-o na interpretação em “A Number”, em 2004.
Recentemente, desempenhava o papel de Robert Rayburn na série “Bloodline”, da Netflix.

Aclamado desde que iniciou carreira, Sam Sheperd ganhou oito Prémios Obie.

Um drone depois: extradição e asilo político

Albânia

Um drone depois: extradição e asilo político