Última hora

Em leitura:

Aeroportos europeus com atrasos nas verificações de segurança


Economia

Aeroportos europeus com atrasos nas verificações de segurança

O Verão é geralmente a mais alta das épocas para viajar, mas, este ano, o tempo que leva apanhar um avião pode superar o tempo do voo.

Aeroportos como os de Paris Orly, Lyon, Madrid, Palma de Maiorca ou Lisboa têm tido congestionamentos acima do normal.
Uma passageira que voou de Los Angeles para Paris, diz: “O tempo de espera não foi muito, mas senti que faltava organização. Podiam ter-nos organizado muito melhor.”
Já um passageiro chegado a Paris do Reino Unido, partilha o que sentiu: “Cerca de meia hora de atraso para passar no controlo de passaportes. Há guardas nas portas de embarque, mas como obviamente estão a fazer verificações extra, é terrível não reforçarem o pessoal nesta altura do ano.”

Seja por falta de reforço de pessoal ou pela introdução de medidas extraordinárias de segurança, as filas são cada vez maiores e perder o avião é cada vez mais uma possibilidade. A Associação espanhola de companhias aéreas diz que desde 24 de Julho cerca de mil passageiros ficaram em terra de Barcelona para o Reino Unido.

Já Natasha Bertaud, porta-voz da Comissão Europeia, cita o comissário europeu para Assuntos de Segurança, Julian King: “Este sistema de verificação foi proposto em 2015, acordado em 2016 e já estamos a meio de 2017. Houve portanto muito tempo para que polícia de fronteira e autoridades aeroportuárias preparassem e implementassem medidas e pessoal necessários.”

A associação de companhias aéreas do Reino Unido fez um manifesto apresentado ao parlamento britânico em Maio, antes das eleições de junho, alertando o Departamento de Transportes, sem que obtivesse umas resposta adequada, com indicações de que o problema da segurança estaria já aliviado da tensão sentida.