Última hora

Irão acusa EUA de "violar" acordo nuclear

O Irão diz que as novas sanções norte-americanas, votadas pelo Congresso dos Estados Unidos e promulgadas por Donald Trump, constituem uma "violação" do acordo nuclear.

Em leitura:

Irão acusa EUA de "violar" acordo nuclear

Tamanho do texto Aa Aa

O Irão diz que as novas sanções norte-americanas, votadas pelo Congresso dos Estados Unidos e promulgadas por Donald Trump, constituem uma “violação” do acordo nuclear.

O vice-ministro iraniano dos Negócios Estrangeiros disse que o seu país vai “reagir em consequência, de forma apropriada”. Abbas Araghchi afirmou que “o objetivo principal da legislação norte-americana é assustar as grandes companhias e impedir que cooperem com o Irão”.

O Parlamento iraniano começou a estudar um projeto de lei para reforçar o programa balístico do país e a Guarda da Revolução, “para lutar contra as ações de Washington”.

Concluído em julho de 2015, o acordo com as grandes potências prevê a limitação do programa nuclear de Teerão aos usos civis, em troca do levantamento progressivo das sanções.

O presidente iraniano, Hassan Rohani, tomou posse esta quinta-feira para um segundo mandato, sob pressão, tanto pelo recrudescimento das tensões com os Estados Unidos, como pelas críticas internas da ala mais conservadora, que o acusa de fazer demasiadas concessões ao Ocidente.