Última hora

Em leitura:

Real Madrid com triunfo modesto no adeus aos EUA


Desporto

Real Madrid com triunfo modesto no adeus aos EUA

O Real Madrid despediu-se com uma modesta vitória da digressão de pré-temporada pelos Estados Unidos. Após o empate a um golo no final dos 90 minutos, os campeões europeus apenas levaram de vencida um combinado das estrelas da Liga Profissional norte-americana, a MLS All Stars, no desempate por grandes penalidades.

Com os dois futebolistas mais bem pagos da MLS do outro lado, o brasileiro KaKá (Orlando City, $7,2 milhões) e o italiano Giovinco (Totonto FC, $7,1 milhões), e ainda sem Cristiano Ronaldo, o Real Madrid abriu o marcador aos 59 minutos, num remate de alguma sorte ddo jovem espanhol de 20 Borja Mayoral, esta época resgatado por Zinedine Zidane aos alemães do Wolfsburgo.


Apesar da entrada, passados escassos minutos após o golo, das principais estrelas “merengues” disponíveis — Gareth Bale, Benzema e Marcelo —, seria o estado-unidense Dom Dwyer a marcar aos 87 minutos, na sequência de um canto, e a impor um desempate por penáltis para decidir o vencedor.

O mesmo Dwyer e o mexicano Giovani dos Santos falharam logo os dois primeiros pontapés da marca dos nove metros para a MLS All Stars. Os espanhóis concretizaram com êxito todos os quatro penáltis que marcaram, cabendo a Marcelo celebrar o quarto e decisivo pontapé.


O primeiro jogo a sério do Real Madrid acontece terça-feira, na Supertaça europeia diante do Manchester United, de José Mourinho. A Liga espanhola aranca a 18 de agosto, com os “merengues” a visitarem dois dias depois o Deportivo da Corunha no início da defesa do título.