This content is not available in your region

Procurador especial convoca grande júri para investigar ingerência russa

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira
Procurador especial convoca grande júri para investigar ingerência russa

<p>O procurador especial dos Estados Unidos, Robert Mueller, convocou a comparência de um grande júri em Washington, no caso da investigação à alegada interferência do Kremlin nas eleições presidenciais do passado dia 8 de Novembro, segundo o Wall Street Journal.</p> <p>Isto significa que a investigação entra numa nova etapa. Nos Estados Unidos, os grandes júris são formados para decidir se as evidências recolhidas justificam uma acção judicial.</p> <p>A investigação aproxima-se da Casa Branca, na opinião de David Levine, professor da Faculdade de Direito da Universidade da Califórnia:</p> <p>“Se eu estivesse na Casa Branca, preocupar-me-ia com o fato de a investigação ter passado a uma nova fase. Em breve, provavelmente pessoas que estão na administração, ex-membros da administração ou ex-membros da campanha, receberão intimações para testemunhar e apresentar documentos”.</p> <p>A reação do presidente não tardou. “Esta história da Rússia é uma total fabricação”, disse Donald Trump , na quinta-feira, em Virgínia Ocidental. “É apenas uma desculpa para a maior derrota na história da política americana, não passa disso.”</p> <p>Robert Mueller começou por investigar o ex-assessor de segurança nacional de Trump, Michael Flynn, que se demitiu no passado dia 13 de Fevereiro. Recentemente, alargou a investigação ao próprio presidente e aos negócios financeiros de Donald Trump.</p>