Última hora

Em leitura:

Ministério Público da Venezuela cercado


Venezuela

Ministério Público da Venezuela cercado

O Ministério Público da Venezuela foi cercado por forças de segurança, menos de 24 horas depois da tomada de posse da Assembleia Constituinte. Este órgão tem por missão redigir uma nova Constituição e tinha prometido ação imediata, acrescentando a intenção de demitir a procuradora-geral do país à primeira oportunidade.

Na quinta-feira, Luísa Ortega Díaz tinha anunciado a abertura de uma investigação à alegada manipulação nas eleições para a Assembleia Constituinte, depois da denúncia da empresa responsável pela contagem dos votos, que revelou a existência pelo menos um milhão de votos de diferença entre a participação real e aquela que foi anunciada pelas autoridades venezuelanas.

A contestação a Nicolás Maduro já deu origem a mais de uma centena de mortos mas o presidente venezuelano não se desvia do rumo que traçou.