Última hora

Em leitura:

Presidente responde às sanções impostas pelos EUA


Irão

Presidente responde às sanções impostas pelos EUA

Na cerimónia de tomada de posse de Hassan Rohani para um novo mandato de quatro anos, uma mensagem para os Estados Unidos. Este sábado, perante casa cheia e na presença de vários dirigentes estrangeiros, em Teerão, o Presidente reeleito do Irão aludiu às sanções impostas na semana passada por Washington e disse que a República Islâmica vai cumprir o acordo nuclear, mas não ficará de braços cruzados perante o incumprimento norte-americano.

Acrescentou que as alegadas violações norte-americanas ao acordo terão respostas oportunas.

“Anuncio explicitamente que o Irão não será o primeiro a violar o Plano Integral de Ação Conjunta (JCPOA). Não nos vamos manter impávidos contra a não-conformidade dos Estados Unidos. Não nos estamos propriamente a dirigir a principiantes no mundo da política, mas estamos a informar veteranos que podemos fazer da experiência do Plano Integral de Ação Conjunta um padrão para as leis e relações internacionais. Esta exceção pode tornar-se numa regra”, disse Rohani, durante um discurso no Parlamento.

Na frente doméstica, o Presidente reeleito tem sido criticado por ter, alegadamente, renunciado à designação de mulheres ministras e garantido poucas posições aos moderados que o apoiaram na campanha.

Javad Montazeri, Euronews – “Hassan Rohani tem, no máximo, duas semanas para apresentar a lista do Governo. Uma questão que pode ser considerada como o primeiro desafio atendendo às exigências dos partidos políticos domésticos. Por outro lado, o início do segundo mandado de Rohani na presidência coincidiu com os dias turbulentos para o Plano Integral de Ação Conjunta – a mais proeminente conquista do Irão em matéria de política externa – resultantes de complicações dos Estados Unidos.”

Saiba mais: