This content is not available in your region

Dois manifestantes abatidos pela polícia em Nairobi

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Dois manifestantes abatidos pela polícia em Nairobi

<p>Sinal claro de uma escalada de tensão no Quénia, a polícia abateu esta quarta-feira a tiro dois manifestantes no subúrbio de Mathare, em Nairobi.</p> <p>Com as alegações de fraude nas eleições presidenciais realizadas na terça-feira como pano de fundo, um grande dispositivo policial foi enviado para restabelecer a ordem no terreno onde um grupo de residentes bloqueou, em protesto, ruas com pedras e fogueiras.</p> <p>O líder da coligação Super Aliança Nacional (<span class="caps">NASA</span>), Raila Odinga, alega que o sistema informático da Comissão Eleitoral foi pirateado: “Os resultados da eleição presidencial são uma completa fraude, baseada num multiplicador que deu a Uhuru Kenyatta, de maneira fraudulenta, votos que não foram expressos.”</p> <p>A comissão eleitoral queniana, por outro lado, fala numa votação “livre e justa” ao mesmo tempo que promete averiguar as denúncias.</p> <p>“Teremos o nosso próprio sistema investigativo. Apresentaremos uma metodologia usada para determinar se as reivindicações são ou não corretas”, disse, Wafula Chebukati, presidente da comissão eleitoral.</p> <p>Os resultados preliminares divulgados no <a href="https://public.rts.iebc.or.ke/enr/index.html#/Kenya_Elections_Presidential/1">website</a> da comissão apontam para uma vitória do Presidente cessante, Uhuru Kenyatta, com 54,57% dos votos contra 44,58% para Odinga, na oposição, que tenta ser eleito pela quarta vez.</p>