Última hora

Liga Portuguesa J1: FC Porto goleia e ganha vantagem a Benfica e Sporting

Marega foi suplente, substituiu o lesionado Soares e foi a estrela dos "dragões" na receção ao Estoril; Jonas assistiu e marcou no triunfo das "águias" sobre o Braga.

Em leitura:

Liga Portuguesa J1: FC Porto goleia e ganha vantagem a Benfica e Sporting

Tamanho do texto Aa Aa

Benfica e FC Porto, tal como o Sporting no domingo, entraram a ganhar na presente edição da Liga portuguesa de futebol. Esta quarta-feira, os tetracampeões e os vice-campeões nacionais receberam, respetivamente, o Sporting de Braga e o Estoril, com os resultados a começarem a ser definidos ainda antes do intervalo.

No Estádio da Luz, coube ao reforço Haris Seferović abrir o marcador. Após cruzamento da esquerda de Jonas, o suíço surgiu nas costas da defesa minhota a encostar para o fundo das redes aos 15 minutos. O Braga até tinha entrado melhor na partida, mas foi perdulário e acabou penalizado.

À meia hora, foi o próprio Jonas a encontrar o caminho do golo. A aproveitar um erro do defesa Raúl Silva, o brasileiro fez o gosto ao pé com um remate de primeira indefensável para Matheus.

Os bracarenses revelaram pouca capacidade de discutir o jogo a meio-campo, onde Pizzi se mostrava uma auténtica “águia real”. Ainda assim, perto do apito para o intervalo, um grande passe de Ricardo Esgaio na meia direita lançou Hassan nas costas de Jardel.

O egípcio bateu Varela e prometia relançar a incerteza no desfecho do jogo para a segunda parte.


Aos 57 minutos, no entanto, Cervi escapou-se pela esquerda, cruzou, a bola desvia em Rosic, engana Matheus e encaminhou-se para o fundo da baliza do Braga. Salvio deu o toque final e assinou o golo que fechou o marcador e confirmou os primeiros três pontos do Benfica nesta edição 2017/18 da Liga portuguesa.


Um pouco antes, no Dragão, o FC Porto tinha garantido a primeira goleada do campeonato. Soares tinha estado em dúvida, acabou por se ressentir e foi substituído à meia hora de jogo por Moussa Marega.

O maliano entrou de pé quente, mas pode agradecer à defesa do Estoril o impulso para uma exibição decisiva. O defesa Mano e o guarda-redes Moreira abusaram da sorte e Marega acabou por aproveitar para abrir o marcador numa oferta incrível.


Aos 52 minutos, numa jogada envolvente, Brahimi fez o 2-0. Aos 60, após cruzamento da direita de Óliver Torres, Marega bisou e o jogo ficou sentenciado.

Aos 68 minutos, na sequência de um livre, Marcano surgiu nas costas da defesa a marcar de cabeça, mas o golo só viria a ser validado pelo vídeo árbitro.


O FC Porto ganhou 4-0 e vantagem nos golos marcados sobre os principais rivais depois de o Sporting se ter estreado também a ganhar (2-0), no domingo, na visita ao Desportivo das Aves.

A receção do Vitória de Guimarães ao Desportivo de Chaves encerra esta quinta-feira à noite a primeira jornada da Liga Portuguesa. A segunda começa logo na sexta com a receção do Sporting ao Vitória de Setúbal. O FC Porto visita o Tondela no domingo e o Benfica, o Chaves, na segunda-feira.