Última hora

Em leitura:

Triplicam os migrantes a chegar a Espanha


Espanha

Triplicam os migrantes a chegar a Espanha

Espanha pode ultrapassar a Grécia nas chegadas de migrantes por mar, em 2017.

Segundo a Organização Internacional para as Migrações, o grosso do fluxo migratório continua a passar por Itália mas Espanha está a tornar-se cada vez mais numa opção.

Exemplo disso, esta semana dezenas de migrantes desembarcaram numa praia repleta de turistas perto de Cádiz, na Andaluzia, após terem atravessado o estreito de Gibraltar.

Segundo a agência da ONU, desde o início de janeiro, até agosto, mais de 8300 migrantes desembarcaram em Espanha, três vezes mais do que os números registados no mesmo período de 2016.

Desde o início de 2017, mais de 96 mil chegaram a Itália e mais de 11 mil migrantes conseguiram alcançar as costas da Grécia.


De acordo com Inigo Villa, um responsável da Cruz Vermelha espanhola, este “não é um fenómeno novo”. Villa refere que está mais mediatizado por causa do conflito na Síria mas “é preciso recordar que Espanha, em 2006, recebeu 40 mil pessoas.”

A Organização Internacional para as Migrações justifica o novo cenário com o facto de a maioria destes migrantes serem provenientes da África Ocidental e “uma parte deste fluxo passar por Marrocos” devido à instabilidade política que se vive na Líbia.