Última hora

Última hora

Líder do Hezbollah defende a al-Assad

O líder do Hezbollah afirmou que os líderes políticos internacionais começam a aceitar que o governo sírio sobreviveu.

Em leitura:

Líder do Hezbollah defende a al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

O líder do movimento libanês Hezbollah afirmou, este domingo, que os líderes políticos internacionais começam a aceitar que o governo sírio do presidente Bashar al-Assad sobreviveu. Hassan Nasrallah falava durante as celebrações dos 11 anos passados sobre o fim da guerra contra Israel:

“O mundo já percebeu que o regime sírio está cá para ficar, o exército sírio, o Estado sírio e as suas instituições estão cá para ficar. Eles estão a dizer à oposição, em reuniões à porta fechada, que é preciso aceitar que o presidente, Bashar Assad, não vai a lado nenhum”, afirmou Hassan Nasrallah, líder do Hezbollah.

No mês passado, o presidente dos Estados Unidos, disse que o Hezbollah é uma “ameaça” para o povo libanês e toda a região. Nasrallah responde que a administração Trump não tem como prejudicá-lo.