This content is not available in your region

Chamas sem controlo

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Chamas sem controlo

<p>As chamas não dão descanso a bombeiros e populações, em Portugal.</p> <p>O incêndio de Vila de Rei, no distrito de Castelo Branco, é a situação que mais preocupa a <a href="http://www.prociv.pt/pt-pt/SITUACAOOPERACIONAL/Paginas/default.aspx">Autoridade Nacional de Proteção Civil</a>. Mais de 100 pessoas tiveram de ser retiradas de várias aldeias, por precaução.</p> <p><iframe src="https://www.facebook.com/plugins/video.php?href=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2F299348498182%2Fvideos%2F10155203670713183%2F&show_text=0&width=560" width="560" height="315" style="border:none;overflow:hidden" scrolling="no" frameborder="0" allowTransparency="true" allowFullScreen="true"></iframe></p> <p>Ao início da tarde, e de acordo com o portal da Proteção Civil, cerca de 500 bombeiros, apoiados por mais de 140 meios terrestres e cerca de 10 meios aéreos, tentam debelar as chamas.</p> <p>A merecer a atenção das autoridades estão ainda os incêndios de Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança, Abrantes e Ferreira do Zêzere, no distrito de Santarém, e Louriçal do Campo, no distrito de Castelo Branco.</p> <p>A combater os mais de 10 fogos ativos ao início da tarde, em todo o país, estavam mais de 1300 bombeiros, cerca de 400 meio terrestres e mais de 20 meios aéreos.</p> <p>A Comissão Europeia anunciou que ajudou a mobilizar apoio após o Governo português ter acionado, no sábado, pela segunda vez este verão, o Mecanismo Europeu de Proteção Civil. </p> <p><blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="pt" dir="ltr">Comissão Europeia garante que apoio aos incêndios em Portugal é prioridade <a href="https://t.co/3kyRP32d0j">https://t.co/3kyRP32d0j</a> <a href="https://t.co/A4GFYoyGir">pic.twitter.com/A4GFYoyGir</a></p>— <span class="caps">SIC</span> Notícias (@SICNoticias) <a href="https://twitter.com/SICNoticias/status/897062019756474368">August 14, 2017</a></blockquote><br /> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Espanha já ofereceu 120 bombeiros, 27 veículos e três aviões de combate a incêndios que já operam nas áreas afetadas.</p>