Última hora

Policia turco morto à facada por suspeito de terrorismo

O alegado militante do "daesh" esfaqueou um agente da autoridade à chegada a uma esquadra de Istambul após ter sido detido numa megaoperaçao antiterrorismo

Em leitura:

Policia turco morto à facada por suspeito de terrorismo

Tamanho do texto Aa Aa

Um policia foi morto na Turquia, nas proximidades de uma esquadra de Istambul, durante a detenção de um suspeito no âmbito de uma megaoperação antiterrorismo.

O agente foi atacado com uma faca por um homem que estava a ser transportado de carro para a esquadra após ter sido detido por suspeita de ser um terrorista do grupo autoproclamado Estado Islâmico em preparação de um atentado à bomba.

O suspeito acabou morto a tiro por outros agentes da policia turca.

O agente esfaqueado foi ainda transportado com vida para o hospital, mas viria a sucumbir dos graves ferimentos sofridos, adiantou a agência de notícias turca Anadolu.


Não foi esclarecido pelas autoridades como é que o suspeito se manteve na posse de uma arma branca durante a detenção, escreveu o jornal Hurriyet.

A polícia turca viria ainda a deter outros 12 suspeitos de terrorismo com origens no Irão, no Iraque e na Síria.

Na sexta-feira, as autoridades já haviam detido outras 22 pessoas por suspeita de ligação a grupos jiadistas.

Nos últimos anos, de acordo com números oficiais, a Turquia já deteve mais de 5000 suspeitos de militância no grupo autoproclamado Estado Islâmico, organização jiadista que se tornou nos dois últimos anos num dos grupos terroristas mais ativos no país liderado por Recep Tayyp Erdogan.

Um dos ataques mais graves aconteceu na noite de passagem de ano quando um homem armado atacou uma famosa discoteca de Istambul e matou 39 pessoas.

Ainda pelos números oficiais, a Turquia deportou nos últimos anos 3290 estrangeiros oriundos de 95 países diferentes e impediu a entrada no país de pelo menos 38.269 pessoas.