Última hora

Governo português declara estado de calamidade

O Governo português vai declarar o estado de calamidade pública face à previsão do agravamento do risco de incêndio.

Em leitura:

Governo português declara estado de calamidade

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo português declarou o estado de calamidade pública face à previsão do agravamento do risco de incêndio, nos próximos dias, nas regiões Centro e Norte do país mas também em alguns concelhos do distrito de Beja e sota-vento algarvio.

A decisão tem efeitos preventivos e inclui um regime especial de contratação pública, entre outras medidas, enquanto legitima “o livre acesso”, da Proteção Civil, à propriedade privada.

As temperaturas, em Portugal Continental, continuam elevadas, para o próximo domingo preveem-se máximas a oscilarem entre os 33 e os 40 graus Celsius.

A autoestrada do Norte está cortada, nos dois sentidos, entre Albergaria-a-Velha e Aveiro Sul, distrito de Aveiro, devido a um incêndio.

Mas é o fogo no concelho de Mação, no distrito de Santarém, que continua a ser o mais preocupante e aquele para onde foram mobilizados o maior número de bombeiros.

No distrito de Castelo Branco o incêndio em Vila de Rei está em fase de resolução e o do Louriçal do Campo em conclusão.

Em Ribeira de Pena, distrito de Vila Real, o incêndio está também em fase de resolução.