Última hora

Grace Mugabe "imune" a julgamento por agressão na África do Sul

Em leitura:

Grace Mugabe "imune" a julgamento por agressão na África do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

A África do Sul terá concedido imunidade diplomática à primeira-dama do Zimbabué, informou fonte oficial não identificada.

Assim, apesar da acusação de ter agredido uma jovem modelo de 20 anos, Grace Mugabe, de 52, poderá regressar a casa, em Harare, e evitar ser julgado na África do Sul.

As autoridades haviam dado instruções aos controlos alfandegários para proibirem a eventual fuga da mulher de Robert Mugabe antes de uma decisão sobre a solicitação de imunidade requerida ao governo sul-africano.

Em causa, está uma queixa de Gabriela Engels pelo suposto ataque sofrido domingo à noite quando aguardava com duas amigas, num hotel de luxo, por um dos filhos do casal Mugabe.

Em conferência de imprensa, Gabriela Engels revelou imagens dos ferimentos sofridos após as alegadas agressões de Grace Mugabe.

A mulher do presidente do Zimbabué contou, entretanto, com o apoio do marido. Robert Mugabe antecipou em dois dias uma viagem já agendada à Àfrica do Sul e terá intercedido no caso.

A mãe da modelo agredida disse que seria “muito triste” se Grace Mugabe fosse autorizada a deixar o país sem ser julgada, mas ao que parece a primeira-dama do Zimbabué estará mesmo livre para voltar a casa.