Última hora

Eclipse solar 2017: onze factos interessantes a saber

A 21 de agosto de 2017, um eclipse solar vai atravessar os Estados Unidos.

Em leitura:

Eclipse solar 2017: onze factos interessantes a saber

Tamanho do texto Aa Aa

A 21 de agosto de 2017, um eclipse solar vai atravessar os Estados Unidos. Vai deixar imagens deslumbrantes e uma escuridão quase completa. Milhões de pessoas de 14 estados, desde Oregon até à Carolina do Sul vão poder presenciar o evento. Aqui estão os 11 factos mais interessantes sobre este #Eclipse2017.

1). É absolutamente necessário usar óculos especiais para olhar para o sol durante um eclipse, caso contrário existe um grave risco de lesão ocular. Coloque os óculos enquanto olha para o lado e depois dirija o olhar para o sol.

2). O eclipse dura pouco tempo. Mesmo as pessoas no centro o raio de sombra de 113 km podem esperar apenas aproximadamente dois minutos e meio de escuridão. Esta sombra do eclipse desloca-se a velocidades entre 2.129 km/h e 3.600 km/h.

3). Este tipo de eclipse é raro. É o primeiro eclipse total a passar pela América do Norte, de costa a costa, desde 1918 – o último foi há 99 anos. O próximo será a 12 de agosto de 2045.

4). Dois aviões adaptados vão observar o eclipse durante um total de 7 minutos. Com câmaras especiais para fotografar a parte externa do sol. Algo que pretende dar aos cientistas as melhores imagens de fenómenos de alta frequência na atmosfera solar.

5). Se estiver num barco ao amanhecer no Pacífico norte na manhã de 21 de agosto de 2017, não vai ver o nascer do sol, porque o eclipse já estará a cobrir o sol. O eclipse vai realmente acontecer perto das 10h15, hora local, no norte de Newport, em Oregon.

6). Todos podem ajudar a NASA durante o eclipse, medindo a temperatura do ar e os momentos de escuridão na aplicação Globe Observer.

7). Uma nave espacial chamada DSCOVR vai observar o eclipse a partir do espaço. O satélite da NASA vai monitorizar o progresso da sombra da Lua ao longo do eclipse a uma distância de 1 milhão e meio de quilómetros.

8). O eclipse passa por várias grandes cidades dos EUA, incluindo: Idaho Falls, Idaho; Casper, Wyoming; Grand Island & Lincoln, Nebraska; Kansas City, Kansas; St Louis, Missouri; Bowling Green, Kentucky; Nashville, Tennessee; Greenville e Charleston, Carolina do Sul.

9). Algumas escolas vão estar fechadas para o acontecimento, outras têm eventos especiais e muitos fãs da ciência estão a planear “festas do eclipse”.

10). Os eclipses solares têm sido frequentemente associados a desgraça e a uma espécie de melancolia – 2017 não é exceção. Os astrólogos sugeriram que esta sombra pelos EUA augura “más notícias para o presidente Donald Trump”. Os cientistas, claro, descartam estas previsões.

11). Este é o primeiro eclipse do género que acontece na era das redes sociais. Sugerimos que siga a hashtag #eclipse2017.