Última hora

Última hora

Suspeitos de ataques em Barcelona foram a Paris

Homens implicados nos atentados na Catalunha "fizeram uma viagem extremamente rápida a Paris", antes dos ataques.

Em leitura:

Suspeitos de ataques em Barcelona foram a Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Homens implicados nos atentados na Catalunha “fizeram uma viagem extremamente rápida a Paris”, antes dos ataques. Informação do ministro do Interior francês. Gerard Collomb, acrescentou que a questão está a ser investigada.

O carro em que circulavam os suspeitos foi detetado por um radar da polícia de trânsito, por circular em excesso de velocidade. Desconhecem-se, para já os motivos da viagem à capital francesa. Collomb afirmou ainda os membros da “célula” catalã não estavam a ser controlados pelos serviços secretos gauleses.

O jornal Le Parisien escrevia, esta terça-feira. que o veículo apanhado pelo radar é o mesmo utilizado no atentado de Cambrils e que seguiam quatro pessoas no seu interior. A mesma publicação escreve que a deslocação aconteceu a 11 de agosto e que o grupo pernoitou em Paris.


Segunda-feira foi confirmado, pela polícia catalã, em conferência de imprensa, que o Imã de Ripoll é uma das vítimas mortais da explosão de uma vivenda em Alcalá. Ele seria, ao que tudo indica, o cérebro desta célula e dos atentados que vitimaram 15 pessoas.

Também na segunda-feira, as autoridades policiais abateram o alegado autor do ataque nas Ramblas. Vestia um colete que se pensou estar carregado de explosivos. Acabou por se descobrir que não.