Última hora

Greve no SEF afeta 85 voos

Apesar dos atrasos, o protesto não deve provocar o cancelamento de voos.

Em leitura:

Greve no SEF afeta 85 voos

Tamanho do texto Aa Aa

A greve dos inspetores do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), quinta e sexta-feira, vai afetar sobretudo os aeroportos de Portugal Continental – Lisboa, Porto e Faro. O sindicato da Carreira de Investigação e Fiscalização do SEF prevê vários atrasos, mas garante os serviços mínimos. O controlo de passaportes nos aeroportos, durante os dias da greve, vai estar a funcionar apenas a um terço. A medida vai afetar 85 voos e cerca de 30 mil passageiros, mas não deve haver anulações.

O sindicato quer mais pessoal para o SEF: Esta greve pretende defender e proteger todas as vítimas de tráfico de seres humanos que cruzam Portugal ou são detidas, vítimas das redes criminosas transnacionais – o que está cada vez mais em risco, devido ao desvio de inspetores para as tarefas burocráticas que a ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, quer impor”, disse o presidente do sindicato, Acácio Pereira.

Os inspetores em greve exigem a abertura de um concurso para 200 novos funcionários, para acabar com o que dizem ser um permanente desvio dos agentes de investigação para outras tarefas, durante os meses do Verão e poder assim reforçar a segurança das fronteiras, numa altura em que a Europa vive sob a ameaça do terrorismo.