This content is not available in your region

Sobe o número de mortos nos ataques terroristas da Catalunha

Access to the comments Comentários
De  Euronews
Sobe o número de mortos nos ataques terroristas da Catalunha

<p>17 de Agosto 2017, centro de Barcelona, pouco antes das 5 da tarde. Uma carrinha causa o pânico ao lançar-se sobre os transeuntes.</p> <p>Dez dias depois sobe para 16 o número de vítimas do atentado reivindicado pelo auto denominado Estado islâmico com a morte de uma turista alemã de 51 anos que não resistiu ao atropelamento brutal nas Ramblas, segundo a proteção civil catalã. </p> <p>O duplo atentado, em Barcelona e na estação balnear de Cambrils, no dia seguinte, feriu também 125 pessoas. </p> <p><blockquote class="twitter-video" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr">After the <a href="https://twitter.com/hashtag/NoTincPor?src=hash">#NoTincPor</a> demonstration, people leave roses on police vans in a show of respect and gratefulness <a href="https://twitter.com/hashtag/Barcelona?src=hash">#Barcelona</a> <a href="https://twitter.com/hashtag/iamnotafraid?src=hash">#iamnotafraid</a> <a href="https://t.co/sn8NmW2PGq">pic.twitter.com/sn8NmW2PGq</a></p>— Sergi Vicente (@sergivicente) <a href="https://twitter.com/sergivicente/status/901490967638880256">August 26, 2017</a></blockquote><br /> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>“No Tinc por”, a expressão catalã para “Não Tenho medo”, ecoou nas ruas de Barcelona através de quase meio milhão de pessoas este sábado. </p> <p>O chefe do governo espanhol Mariano Rajoy esteve ao lado do presidente catalão Carles Puidgemont epela primeira vez para um rei, Filipe VI marcou presença na manifestação.</p> <p>Mas a imagem de imagem dissolve-se nas acusações de Puidgemont ao governo central de estar a brincar à política com a segurança, ao não conceder financiamento extraordinário à polícia catalã e impedir o acesso da força à Europol.</p> <p><blockquote class="twitter-tweet" data-lang="en"><p lang="en" dir="ltr"><a href="https://twitter.com/hashtag/Barcelona?src=hash">#Barcelona</a> march, Spanish King Felipe VI next to a protester: <br /> “Felipe, who wants peace does no arms trafficking” <a href="https://t.co/bcZxqEfe9c">pic.twitter.com/bcZxqEfe9c</a></p>— Ramon Tremosa (@ramontremosa) <a href="https://twitter.com/ramontremosa/status/901490899112341504">August 26, 2017</a></blockquote><br /> <script async src="//platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></p> <p>Assobios ao monarca e cartazes contra a venda de armas por parte da família real também marcaram presença.</p>