Última hora

Os 65 anos da Federação Internacional de Judo em Budapeste

Em leitura:

Os 65 anos da Federação Internacional de Judo em Budapeste

Tamanho do texto Aa Aa

São 65 anos de arte e de luta. O judo é praticado em todo o mundo. A arte marcial nipónica é considerada como um desporto pelos japoneses desde o final do século XIX.

Hoje em dia, a Federação Iinternacional de Judo agrupa cerca de 200 associações nacionais dos quatro cantos do Planeta.

Para marcar mais de seis décadas de união, a IJF marcou encontro na Opera de Budapeste, na Hungria.

Uma oportunidade para recordar bons momentos, mas também para olhar em frente.

O italiano Franco Capelletti foi homenageado com um prémio pela carreira depois de décadas ao serviço do judo.

Os grandes nomes do judo atual não foram esquecidos. Houve tempo, em Budapeste, para celebrar a presença da Kosovar Majlinda Kelmendi, melhor judoca feminina do ano, e Teddy Riner, francês da ilha da Guadalupe, melhor do ano das provas masculinas.

Depois da gala, tempo para mais judo. Os Campeonatos do Mundo decorrem em Budapeste entre 28 de agosto e 3 de setembro.

Portugal conta com 15judocas, entre os quais, Telma Monteiro, medalha de ouro no Rio, no ano passado.

Pelos brasileiros, destaque para a presenca de Rafaela Silva, medalha de ouro nos Olimpicos de 2016.