Última hora

Português e brasileiro no pódio de Mundial de sushi em Tóquio

Miguel Bértolo foi o segundo classificado, atrás do russo Vladimir Pack; Fábio Catsuqui foi terceiro.

Em leitura:

Português e brasileiro no pódio de Mundial de sushi em Tóquio

Tamanho do texto Aa Aa

O pódio da Taça do Mundo de Sushi falou maioritariamente português, mesmo que o vencedor tenha sido o russo Vladimir Pack.

O luso Miguel Bértolo arrebatou o segundo lugar e o terceiro ficou com o brasileiro Fábio Catsuqui.


Sob avaliação estiveram as técnicas de preparação, modelagem, o tamanho e a consistência, e, claro, a criatividade.

O campeonato foi disputado em Tóquio, incluiu um outro chef de sushi português, emigrado na Suíça. Eduardo Dias acabou em sétimo.

Pela primeira vez, uma mulher de nacionalidade brasileira esteve em prova.

Miguel Bértolo agarrou o segundo lugar entre 20 finalistas de 15 países com as raízes que o levaram à arte japonesa: fez dos descobrimentos o tema do Sushi de Criação, usando sal marinho português e empratado em porcelana de produção nacional.