Última hora

Aberto inquérito pelo desaparecimento da lusodescendente Maëlys Araújo

Duas pessoas, detidas preventivamente na semana passada, foram postas em liberdade.

Em leitura:

Aberto inquérito pelo desaparecimento da lusodescendente Maëlys Araújo

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades francesas deram início a um inquérito, para o qual foram nomeados dois juízes, no caso do desaparecimento da jovem lusodescendente Maëlys Araújo, de 9 anos.

A criança desapareceu durante uma festa de um casamento na localidade francesa de Pont-de-Beauvoisin, região de Auvergne-Rhône-Alpes, na noite de 26 para 27 de agosto.

A Justiça ouviu, desde que a jovem foi dada como desaparecida, mais de 200 pessoas, tendo procedido a cerca de 40 buscas.

Duas pessoas detidas, como medida preventiva, foram depois postas em liberdade. Trata-se de dois conhecidos da jovem, abordados pelas autoridades quinta e sexta-feira e cujos depoimentos foram definidos como “incoerentes” e “pouco precisos” pelas autoridades, ao justificarem a medida.

De resto, ambos foram postos em liberdade 48 horas depois de feitas as detenções, pelo que poderiam voltar a ser ouvidos pelos investigadores.

Preocupação em Pont-de-Beauvoisin

O desaparecimento de Maëlys Araújo tem sido motivo de preocupação para muitos residentes da localidade. Vários foram os vizinhos e habitantes que participaram, este sábado, numa busca conjunta, equipados com coletes fluorescentes e máquinas fotográficas.

No entanto, os setores cobertos pela busca levada a cabo pelos residentes da pequena localidade francesa, uma área fortemente arborizada, já tinham sido objeto de buscas da parte da polícia.

Foram utilizados vários meios pela Gendarmerie francesa, como um helicoptero, drones, cães farejadores e especialistas em mergulho.

Segundo fonte da secretaria de Estado das Comunidades, o caso de Maëlys de Araújo, que tem apenas nacionalidade francesa, está a ser acompanhado pelo consulado de Portugal em Lyon, que já conversou com a família, para oferecer o apoio necessário.

Com AFP e Lusa