Última hora

Dili e Camberra chegam a acordo para fronteiras marítimas

Timor-Leste e Austrália alcançaram também acordo sobre desenvolvimento do poço de gás no Mar de Timor.

Em leitura:

Dili e Camberra chegam a acordo para fronteiras marítimas

Tamanho do texto Aa Aa

(Lusa)

Timor-Leste e a Austrália alcançaram um acordo sobre os “elementos centrais” da delimitação de fronteiras marítimas entre os dois países e sobre o estatuto legal para o desenvolvimento do poço de gás de Greater Sunrise no Mar de Timor.

Segundo um comunicado de uma Comissão de Conciliação das Nações Unidas o acordo surgiu depois de uma nova ronda de encontros confidenciais entre delegações dos dois países que decorreram na última semana em Copenhaga.

O acordo abrange “os elementos centrais da delimitação dos limites fronteiriços no Mar de Timor (…) aborda o estatuto legal do campo de gás Greater Sunrise, o estabelecimento de um regime especial para Greater Sunrise, um caminho para o desenvolvimento do recurso e a partilha da receita resultante”.

Segundo informa a Comissão, o conteúdo concreto do acordo continuará, para já a ser confidencial, com as partes e a comissão a analisarem até outubro – quando o teor será divulgado – “várias questões e detalhes remanescentes”.

Xanana Gusmão fala em “acordo histórico

Citado no comunicado, Xanana Gusmão, responsável pela delegação timorense, saudou o acordo e agradeceu “a determinação e habilidade” da comissão em conduzir um processo “longo e às vezes difícil” que permite aos timorenses “alcançar o sonho de soberania total e finalmente estabelecer os limites marítimos com a Austrália”.

“Este é um acordo histórico e marca o início de uma nova era na relação de amizade entre Timor-Leste e a Austrália”, referiu.

Também a chefe da diplomacia australiana, Julie Bishop, saudou o acordo que classificou como um “dia histórico na relação entre Timor-Leste e Austrália. Este acordo, que vai de encontro ao interesse nacional de ambas as nações, reforça os laços de longa data entre os nossos Governos e os nossos povos”, disse.

Novos encontros até outubro

Os dois países vão continuar a reunir-se para fechar o acordo até outubro e vão começar a reunir-se com outras partes interessadas para desenvolver Greater Sunrise.

Os campos do Greater Sunrise, localizados em 1974, contêm reservas estimadas de 5,1 triliões de pés cúbicos de gás e estão localizados no mar de Timor, aproximadamente a 150 quilómetros a sudeste de Timor-Leste e a 450 quilómetros a noroeste de Darwin, na Austrália.

A concessão do Greater Sunrise é controlada pela Woodside (o operador com 33%) a que se somam a ConocoPhillips, a Royal Dutch Shell e a Osaka Gas.