Última hora

Astronauta quebra recorde feminino da NASA

Peggy Whitson de 57 anos de idade cumpriu mais de nove meses em órbita quebrando o recorde de permanência no espaço para uma mulher norte-americana, 665 dias cumpridos ao longo de toda a carreira.

Em leitura:

Astronauta quebra recorde feminino da NASA

Tamanho do texto Aa Aa

A astronauta da NASA Peggy Whitson, juntamente com dois colegas, já se encontram em terra firme após mais de nove meses em órbita a bordo da Estação Espacial Internacional.

A cápsula Soyuz em que regressaram à Terra aterrou este domingo em segurança no Cazaquistão.

Peggy Whitson, de 57 anos, cumpriu mais de nove meses em órbita alcançando o recorde de permanência no espaço para uma mulher norte-americana, um total de 665 dias ao longo de toda a sua carreira.

Na cápsula Soyuz viajaram ainda Jack Fischer, igualmente da NASA, e o cosmonauta russo Fyodor Yurchikin.

Durante esta missão Peggy Whitson realizou várias experiências científicas e completou quatro saídas no espaço.

Apenas sete cosmonautas russos do sexo masculino registam mais tempo em órbita. O recorde pertence a Gennady Padalka com 878 dias no espaço.