Última hora

Já chegou o "Uber dos céus"

Agora é possível dividirmos um percurso de avioneta com um piloto particular que queira repartir custos.

Em leitura:

Já chegou o "Uber dos céus"

Tamanho do texto Aa Aa

E partilhar viagens de avião? Depois dos apartamentos, dos carros e outros serviços, eis que agora é possível dividirmos um percurso de avioneta com um piloto particular que queira repartir custos. O “Uber dos céus”- é o que chamam a esta startup francesa.

“A ideia não é competir com as companhias tradicionais num voo Londres-Cannes, por exemplo. Mas sim aproveitar os recursos disponíveis. Em França, existem mais de 400 pequenos aeródromos”, diz-nos Bertrand Joab-Cornu, cofundador da Wingly.

Em termos práticos, bastar ir ao site, introduzir uma cidade de partida e ver até onde podemos chegar. E por quanto, obviamente.

“Só quando consultei a plataforma é que me apercebi que podia fazer um voo de 30 minutos por 40 euros”, explica Benjamin Joneau, um passageiro de 25 anos.

O serviço já está a sobrevoar vários pontos da Europa.