Última hora

A melhor qualidade de vida para os expatriados

Um inquérito do site InterNations coloca Portugal como o país com melhor qualidade de vida e quinto melhor na classificação geral. São 65 os territórios considerados.

Em leitura:

A melhor qualidade de vida para os expatriados

Tamanho do texto Aa Aa

Uma palavra cada vez mais utilizada pelos media de língua portuguesa é expatriado. Um expatriado é um migrante, que vive e trabalha noutro país e que ocupa, geralmente uma posição confortável no país de acolhimento.

O termo figura nos dicionários de língua portuguesa, mas era mais habitual entre cidadãos de países como o Reino Unido, os Estados Unidos ou França.




Um expatriado é, por oposição a um emigrante, para muitos, alguém que emigrou, mas, geralmente, por vontade própria. O expatriado tem formação técnica ou superior e goza de um bom nível de vida graças ao emprego. Em suma, um expatriado não é, na perceção geral, um mero emigrante.

Não é raro encontrar-se, em um pouco por todo o mundo, fóruns e comunidades ou plataformas digitais para este grupo de trabalhadores.

Uma das mais conhecidas plataformas digitais para quem vive e trabalha no estrangeiro é a InterNations, presente em quase todo o mundo. A InterNations publica o estudo InsideExpat, um inquérito sobre a perceção que os expatriados têm dos países que os acolhem.

Na edição de 2017, foram entrevistados cerca de 12,500 membros, cuja entrada na rede tem de ser aprovada, de forma a que seja mantida a qualidade da página.

Portugal surgiu, este ano, como o país com a melhor qualidade de vida, com mais de 90% dos inquiridos a dizerem que se encontram satisfeitos com a sua estadia no país.

O Bahrein, no primeiro lugar da tabela geral

Na tabela de classificação geral, Portugal ocupa o quinto lugar entre 65 dos territórios considerados, atrás do Bahrein, do México, da Costa Rica e de Taiwan.

Entre os pontos fortes do país Ibérico, segundo os inquiridos, encontram-se o clima ameno e o acolhimento dado pelos portugueses aos estrangeiros. A maioria refere também que a cultura portuguesa é de fácil adaptação.

Outro ponto importante: a segurança. Embora outros indicadores falem de Portugal como um dos países mais pacíficos do mundo – classificação que inclui a segurança dos cidadãos – o país não ficou entre os dez mais seguros, segundo o ExpatIndex 2017.

O Internations define-se como a maior comunidade digital para todos os que vivem e trabalham no estrangeiro. A empresa oferece oportunidades de trabalho em todo o mundo e informações pertinentes para todos os que acabam de chegar a uma nova cidade por causa do trabalho, habitualmente, num país estrangeiro. Para ser-se membro da comunidade, é preciso ser-se aprovado.