Última hora

Em leitura:

A voz única de Juan Diego Flórez


musica

A voz única de Juan Diego Flórez

Em parceria com

A voz do tenor peruano de renome mundial, Juan Diego Flórez, evoluiu ao longo dos últimos anos. Depois de se concentrar, principalmente, no repertório “bel canto” de Rossini e Donizetti – agora explora mais outras composições líricas de maior exigência.

“Nesta fase da minha carreira pretendo fazer novos papéis, novas óperas e combiná-las com papéis “bel canto” que também são novos, mas que representam o meu repertório principal – o que sempre fiz. Noutras palavras, ainda estou a fazer “bel canto” assim como o repertório francês romântico”, diz Juan Diego Flórez.

“Quando minha voz mudou – foi uma transição. Senti-me desconfortável com a minha voz porque não sabia o que estava a acontecer, mas depois ajustei-me, estudei… Nunca parei de cantar. Continuei, mas estava a explorar a minha voz e foi extremamente bom aprender várias coisas sobre as quais nunca tinha pensado”.

“Para mim, a parte mais bonita é que esta mudança dá-nos a oportunidade de saborear toda esta nova música que nos enriquece. Faz-nos sentir afortunados por a podermos cantar”.

“Estou agora numa fase em que organizo os meus projetos, o que quero fazer; o que quero gravar; onde quero cantar… Desde que construí uma família, também quero estar junto dela. Estou entusiasmado para esta segunda parte da minha carreira. Digamos… Depois de 20 anos a cantar a toda força, agora vivo uma fase mais calma”.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
O concerto para violoncelo diabolicamente difícil de Esa-Pekka Salonen

musica

O concerto para violoncelo diabolicamente difícil de Esa-Pekka Salonen