Última hora

Mais de 50 países debatem a proteção dos oceanos em Lisboa

Portugal pretende mobilizar a comunidade internacional para a necessidade da preservação dos oceanos, envolvendo políticos, cientistas e empresas.

Em leitura:

Mais de 50 países debatem a proteção dos oceanos em Lisboa

Tamanho do texto Aa Aa

Delegações de mais de 50 países, incluindo 38 ministros e secretários de Estado, são esperados no fórum internacional sobre oceanos “Oceans Meeting”, uma iniciativa promovida pelo Governo português que começa hoje, em Lisboa.

O encontro, que decorre até sexta-feira e se realiza este ano sob o lema da saúde dos oceanos e a saúde humana, inclui uma reunião ministerial, uma conferência internacional com investigadores e sessões de contacto empresarial sobre inovação e sustentabilidade dos oceanos.

Com esta iniciativa, Portugal pretende mobilizar a comunidade internacional para a necessidade da preservação dos oceanos, envolvendo políticos, cientistas e empresas.


Além de delegações dos países, estarão representantes de entidades internacionais, como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), a Organização Marítima Internacional e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Na sessão de abertura da reunião ministerial, na sexta-feira, de onde sairá uma declaração de compromisso global para a preservação dos oceanos, são esperadas as presenças do primeiro-ministro, António Costa, da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, do ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, e do comissário europeu para a Investigação, Inovação e Ciência, Carlos Moedas.

Lusa