Última hora

Papa Francisco apela à reconciliação em missa na Colômbia

O Papa Francisco prossegue este sábado o périplo pela Colômbia, dia em que estará na cidade de Medellín. Domingo ruma a norte à cidade de Cartagena antes de regressar a Roma.

Em leitura:

Papa Francisco apela à reconciliação em missa na Colômbia

Tamanho do texto Aa Aa

De visita à Colômbia, em Villavicencio, uma das cidades mais castigadas pelo conflito armado no país, o Papa Francisco deixou um conselho para a verdadeira reconciliação.

Durante uma missa perante 400 mil pessoas disse que a “paz sem reconciliação será um fracasso”: “Não devemos considerar a reconciliação uma palavra abstrata. Se assim fosse só traria esterilidade, mais distância.
Reconciliar-se é abrir uma porta a todas e a cada uma das pessoas que viveram a dramática realidade do conflito.”

Num dos momentos mais marcantes da homilia, o Papa abraçou e beijou várias crianças indígenas. Recebeu de presente um colar e um chapéu típico, que acabou por colocar.

Esta sexta-feira, o ex-líder das FARC, Rodrigo Londoño Echeverri, pediu, através de uma carta aberta publicada nas redes sociais, perdão ao Papa pelo sofrimento causado durante décadas de guerra.

Timochenko, o nome de guerra pelo qual é conhecido, acrescentou que as ações da guerrilha eram motivadas pela defesa dos pobres e excluídos.

O Papa Francisco prossegue este sábado o périplo pela Colômbia, dia em que estará na cidade de Medellín. Domingo ruma a norte à cidade de Cartagena antes de regressar a Roma.