Última hora

Papa pede a colombianos que afastem "a sede de vingança"

Em leitura:

Papa pede a colombianos que afastem "a sede de vingança"

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco exortou os colombianos a “dissipar as trevas da sede de vingança” após os acordos de paz com as guerrilhas do país.

Na quinta-feira, o segundo dia da sua visita à Colômbia, o sumo pontífice presidiu uma missa na praça de Bolívar na capital frente a mais de um milhão de pessoas.

Uma oportunidade para voltar a apelar à reconciliação quando uma parte da população discorda da amnistia concedida aos guerrilheiros, assim como da entrada na vida política dos antigos combatentes.

“Aqui, como em outras partes do mundo, existe uma escuridão espessa que ameaça e destrói a vida: a sombra da injustiça e da desigualdade social”, declarou Francisco.

Durante a manhã o papa reuniu-se com o presidente do país e prémio Nobel da Paz Juan Manuel Santos e mais 700 convidados, a quem pediu que a paz, “seja vista como um compromisso a longo prazo que não possa ser enfraquecido por interesses políticos”.

Sob o lema de “um primeiro passo para a reconciliação”, o mote da visita de cinco dias que termina no domingo, o líder da igreja católica vai deslocar-se esta quinta-feira a Villavicencio, no centro do país, para reunir-se com as vítimas do conflito e beatificar dois padres vitimados pela violência das guerrilhas.