Última hora

Mais de 120 voos da Air Berlim cancelados

A ação de protesto dos cerca de 200 pilotos da Air Berlim levou ao cancelamento de mais de uma centena de voos

Em leitura:

Mais de 120 voos da Air Berlim cancelados

Tamanho do texto Aa Aa

A braços com um processo de insolvência, a companhia aérea Air Berlim cancelou, esta terça-feira, mais de 120 voos por falta de pilotos. Cerca de 200 trabalhadores não compareceram ao trabalho, alegando, razões de saúde. A ação de protesto dos pilotos contra a direção da empresa ocorre um dia depois de suspensas as negociações com um novo potencial investidor.

O protesto gerou o caos em vários aeroportos alemães.

“Estou furioso. Estamos a ser tratados como idiotas. Estamos à espera na fila e o facto de os pilotos terem dito que estão doentes é ultrajante. Deviam sim trabalhar. É para isso que estão a ser pagos. Só porque não não estiveram envolvidos nas negociações com a Air Berlim provocaram tudo isto, à custa dos passageiros. Como pode ver estão aqui centenas de pessoas e posso dizer-lhe que tal como eu, estão furiosas” refere um passageiro.

A última proposta para a aquisição da empresa insolvente terá sido apresentada pelo empresário alemão, Hans Rudolf Wöehrl, dono do Intro Group, no valor de 500 milhões de euros.