Última hora

Robô substitui maestro Colombini

Yumi (You and Me) é o nome do mais novo maestro fruto de anos de investigação na tentativa de aproximar a máquina do homem

Em leitura:

Robô substitui maestro Colombini

Tamanho do texto Aa Aa

Conduzir uma orquestra não é para qualquer um, sobretudo, se falarmos da orquestra filarmónica Lucca. Esta terça-feira, o maestro italiano Andrea Colombini passou a batuta a um robô no Teatro Verdi, em Pisa, e o resultado foi este.

“A flexibilidade dos braços do Yumi é inimaginável, inacreditável para uma máquina. É absolutamente fantástico e os técnicos foram espantosos para que tudo saísse perfeito, especialmente na duração e na velocidade do gesto que é muito importante” afirma Colombini

Para já o Yumi ainda não é capaz de improvisar. Os movimentos efetuados pelo maestro foram registados em computador e replicados pelo robô durante o concerto. O momento serviu para assinalar o primeiro Festival Internacional de Robótica. A receita reverte a favor das vítimas do temporal de Livorno, em Itália.

La Donna È Mobile, da opera de Verdi “Rigoletto” foi uma das três peças conduzidas pelo robô e que contou com um nome de peso: o tenor Andrea Bocelli.