Última hora

Vírus transmitidos por mosquitos colocam Roménia e Itália em alerta

Em leitura:

Vírus transmitidos por mosquitos colocam Roménia e Itália em alerta

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades romenas e italianas encontram-se em alerta face a um aumento dos casos de infeção com vírus transmitidos por mosquitos.

Na Roménia pelo menos seis pessoas morreram depois de terem contraído o vírus do Nilo Ocidental, três das quais na capital.

Em todo o país há pelo menos 22 casos de pessoas infetadas.

O surto do vírus, que não apresenta sintomas na fase de incubação, levou clínicas e hospitais a reforçarem os controlos sobre o sangue proveniente de dadores.

Numa clínica em Bucareste uma médica afirma: “Nós verificamos cada gota de sangue pois o vírus do Nilo Ocidental pode estar presente no sangue”.

Em Itália, os hospitais ponderam cancelar temporariamente as transfusões de sangue de dadores, a título preventivo, quando se registam pelo menos 13 casos de infeção com o vírus Chinkugunia, transmitido pelo mosquito-tigre, em Roma e Anzio, no centro do país.

“Na sexta-feira senti uma dor forte no joelho e febre alta superior a 40 graus. No sábado fui ao hospital de Anzio onde um médico me disse que se tratava desta febre”, afirma uma paciente.

O vírus Chinkugunia não é mortal, provocando dores fortes e febres altas. O governo regional de Lazio anunciou um plano para tentar erradicar o mosquito do território.