Última hora

França apela à Turquia para que liberte jornalista detido em Julho

Em leitura:

França apela à Turquia para que liberte jornalista detido em Julho

Tamanho do texto Aa Aa

O ministro dos Negócios Estrangeiros francês deverá regressar da Turquia sem o jornalista detido em Julho na fronteira turco-iraquiana.

Jean-Yves Le Drian reuniu-se na quinta-feira com o presidente Erdogan e o seu homólogo turco em Ancara a quem pediu que “respeitem os valores europeus” e que permitam o regresso do jornalista francês ao país.

Um apelo que coincide com a decisão da Justiça turca de acusar formalmente Loup Bureau de pertencer a uma organização terrorista.

O profissional da informação encontra-se detido há quase dois meses depois de ter sido intercetado pelo exército turco com imagens da guerrilha curda YPG, considerada uma organização terrorista por Ancara.

Os juízes turcos rejeitaram já por duas vezes a libertação condicional do jornalista, apesar da pressão de Paris que, no entanto, continua a rejeitar qualquer represália contra a Turquia, considerada como “um parceiro essencial”.