Última hora

Última hora

México entre furacões com Max ao mínimo

Em leitura:

México entre furacões com Max ao mínimo

Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Max continua a assolar o sul do México com ventos e chuvas fortes mesmo depois de ter perdido intensidade, da categoria 1 da escala de Saffir Simpson a tempestade tropical.

Os ventos, agora de 110 Km por hora percorrem os estados de Guerrero e Oaxaca, a zona que tinha sido já devastada na semana passada por um violento terramoto de 8.1 de magnitude.

As autoridades locais mantêm, no entanto, o alerta para inundações e deslizamentos de terras na zona, onde mais de 15 mil escolas foram encerradas a título preventivo.

No estado de Guerrero, onde se localizam as principais zonas turísticas do país, a tempestade provocou a queda de várias árvores, danificando diversos edifícios.

A passagem do Max coincide com a formação de uma nova tempestade no Pacífico, batizada Norma, que poderia tornar-se um novo furacão esta sexta-feira.

Desde o início do mês, que pelo menos 9 pessoas morreram no país na sequência da passagem do furacão Katia e da tempestade Lidia.

Noventa e oito pessoas tinham morrido em Oaxaca e Chiapas após o mais violento sismo registado no México em um século.