This content is not available in your region

Referendo na Catalunha: Guarda Civil espanhola apreende panfletos e boletins de voto

Access to the comments Comentários
De  Nelson Pereira
Referendo na Catalunha: Guarda Civil espanhola apreende panfletos e boletins de voto

<p>A Guarda Civil espanhola apreendeu no domingo, perto de Barcelona, 1,3 milhão de cartazes de propaganda separatista, boletins de voto e outras publicações relacionadas com o referendo pela independência da Catalunha, marcado para 1 de outubro e com a campanha pelo “sim”, anunciou o Ministério do Interior.</p> <p>O material foi apreendido nas instalações de uma empresa de distribuição publicitária em Montcada i Reixac, a uma dezena de quilómetros de Barcelona.</p> <p>Segundo o Ministério do Interior, a apreensão de panfletos que apoiam a separação da Catalunha junto com boletins de voto prova que há uma ação concertada entre a campanha pelo “sim” e o governo regional.</p> <p>Para os independentistas catalães, está em jogo a liberdade democrática. “Que pode a polícia fazer-nos, se a nossa ação é pacífica? Estamos apenas a exercer a democracia, é disto que se trata, da democracia”, disse Dolores Gimbert, uma habitante de Barcelona envolvida na campanha pelo “sim”.</p> <p>Entretanto, em Madrid, centenas de pessoas participaram, no domingo, numa reunião de apoio ao referendo sobre a independência da Catalunha. O encontro teve lugar numa sala de teatro do bairro de Lavapiés, no centro da capital, depois de o tribunal ter proíbido a sua realização num centro cultural do município.</p> <p>O governo independentista da Catalunha, chefiado por Carles Puigdemont, está determinado a organizar no dia 1 de outubro um referendo sobre a autodeterminação da região, apesar deste ter sido interditado por decisão do Tribunal Constitucional de Espanha.</p>