Última hora

Amigos da Síria reforçam posição contra al-Assad

Grupo Amigos da Síria recusa apoio à reconstrução do país enquanto não for afastado al-Assad

Em leitura:

Amigos da Síria reforçam posição contra al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

Os Amigos da Síria reuniram em Nova Iorque à margem da Assembleia Geral das Nações Unidas e uma vez mais, a mensagem foi clara. O grupo composto pelas grandes potências ocidentais, a que se juntam alguns países do Golfo Pérsico, não irá apoiar a reconstrução da Síria enquanto não for colocada em marcha uma transição política que afaste Bashar al-Assad.

Palavras que refletem a situação no terreno, onde cresce a tensão entre as forças do regime, apoiadas pela Rússia, e a coligação internacional. Esta segunda-feira as tropas sírias cruzaram pela primeira vez o Eufrates em Deir al-Zor e encontram-se agora na margem leste, onde já se encontravam as milícias apoiadas pelos Estados Unidos.

Apesar de ambas as partes combaterem o grupo Estado Islâmico nem por isso estão unidas e Ahmed Abu Khawla, comandante das Forças Democráticas da Síria, admitiu mesmo que estavam preparados com um conflito com as tropas de al-Assad caso estas não estivessem dispostas a recuar para a margem Oeste do Eufrates.