Última hora

México declara 3 dias de luto nacional após novo sismo

Em leitura:

México declara 3 dias de luto nacional após novo sismo

Tamanho do texto Aa Aa

O México declarou três dias de luto nacional após ser abalado por um segundo terramoto de grande intensidade em menos de duas semanas.

Mais de 210 pessoas morreram, quase metade na capital, e mais de um milhar ficaram feridas depois de um sismo de 7.1 de magnitude ter sacudido o centro do país, fazendo desmoronar mais de 40 edifícios na cidade do México.

O saldo de vítimas é ainda provisório quando há relatos de dezenas de pessoas aprisionadas nos escombros de pelo menos 38 prédios. 10 edifícios foram evacuados por se encontrarem em risco de desmoronar-se.

Os trabalhos de resgate são agora complicados pelas mais de duas dezenas de réplicas registadas após o sismo.

O presidente Mexicano, Enrique Peña Nieto, dirigiu-se esta noite ao país:

“Quero apresentar as minhas condolências a todos os que perderam membros da família e entes queridos. O México partilha a vossa dor, neste momento, 40% da cidade do México e 60% de Morelos encontram-se sem eletricidade . Nós reforçámos as equipas para restabelecer rapidamente a corrente elétrica e abrimos vários abrigos para as pessoas afetadas pelo sismo”.

O terramoto ocorre exatamente 32 anos após um violento sismo ter provocado mais de uma dezena de milhar de mortos no país. O abalo, com epicentro entre os estados de Puebla e Morelos, a 120 km da capital, aconteceu poucas horas depois das autoridades da cidade do México terem efetuado uma simulação de terramoto, quando se encontravam em alerta para as consequências do sismo de 7 de Setembro, que provocou 98 mortos nos estados de Chiapas e Oaxaca.

Um vídeo de um internauta, mostra o momento do sismo na localidade de Jojutla, no estado de Morelos, perto da zona do epicentro.

O anterior abalo, no início de Setembro, tinha sido acompanhado por mais de 3.700 réplicas.