Última hora

As buscas por sobreviventes continuam

As autoridades do país indicam que o tremor de terra provocou perto de 300 vítimas mortais e cerca de dois mil feridos.

Em leitura:

As buscas por sobreviventes continuam

Tamanho do texto Aa Aa

As buscas por sobreviventes não param, no México.

As equipas de resgate lutam contra o tempo para encontrarem pessoas que possam estar, ainda, debaixo dos escombros de dezenas de edifícios que colapsaram na sequência do sismo de magnitude 7.1, na escala de Richter, que assolou o México, na terça-feira.


As autoridades do país indicam que o tremor de terra provocou perto de 300 vítimas mortais e cerca de dois mil feridos.

Na Cidade do México, pelo menos 50 pessoas estão desaparecidas.

O presidente mexicano afirma que as buscas vão continuar e não serão suspensas. Enrique Peña Nieto afirma que vão manter as operações de resgate “para procurar pessoas que ainda possam estar vivas sob os escombros”.


A trabalhar, praticamente sem descanso desde o terremoto, as equipas de resgate conseguiram encontrar mais de seis dezenas de sobreviventes apenas na capital do país.

Milhões de pessoas foram afetadas pelo tremor de terra.

Centenas de edifícios colapsaram em todo o território, Na Cidade do México, mais de 50 edifícios ruíram e centenas estão danificados.

Milhares de pessoas tiveram de abandonar as suas casas sendo obrigadas a encontrar refúgio em abrigos improvisados, a dormir nas ruas ou nos carros.